Translate

sábado, 29 de setembro de 2012

Jogando pela Transformação


Está surgindo um movimento grande na sociedade civil que promove o uso de tecnologias para a transformação social, conhecido como Social Good, e uma das tecnologias que tem se destacado é o uso de jogos digitais. A organização que lidera este movimento está baseada em Nova Iorque, mas tem representações em outras regiões. No Brasil e na América Latina, a principal liderança é o Professor da USP Gilson Schwartz. Outra iniciativa que surgiu no Brasil e está sendo desenvolvida em vários países simultaneamente é o Play The Call, liderado pelo Edgard Gouveia, um dos fundadores do Instituto Elos.

Já existem estudos demonstrando que os jogos promovem alteração no comportamento das pessoas. Um estudo realizado pela HopeLab e pela Robert Wood Johnson Foundation demonstrou que 59% dos jovens que jogaram um jogo que promovia uma vida mais saudável aumentaram seu volume de exercícios físicos. Um jogo que está sendo desenvolvido pelo Banco Mundial, o Evoke, é um dos destaques entre as iniciativas que estão sendo criadas para "gamificar" o processo de transformação social. O jogo Half the Sky que será lançado este mês tem como objetivo principal a promoção da saúde e de oportunidades para as mulheres. Grandes atores do setor social, empresas e fundações estão investindo no desenvolvimento de jogos para a transformação social. Alguns exemplos são a Fundação das Nações Unidas, Johnson & Johnson, Fundação Pearson, Fundação Rockfeller, Intel entre outras.

O ICom, no Programa Social Good em parceria com o IVA, é um dos pioneiros em criar um jogo, o Conecta, que reproduz os desafios locais e cria um cenário similar ao da atuação de uma fundação comunitária na era digital. O jogo busca promover várias ferramentas (Portal Transparência, Cidade Democrática, Votenaweb, ViaCiclo, Pegada Ecológica, Mobilize entre outras) para as pessoas agirem online e presencialmente na sua comunidade. Neste processo os jogadores são estimulados, de forma divertida, a realizar trabalhos voluntários, fazer doações e participar ativamente da sua comunidade. Um dos destaques desse jogo é o seu carácter local, ele está sendo desenvolvido pelo ICom, com um grupo de jovens da Grande Florianópolis, em parceria com a Fisiogames. Seu objetivo é incentivar mais pessoas, principalmente jovens, a realizarem atividades de interesse público, trabalho voluntário e doações para organizações da sociedade civil.

As missões no Conecta podem ser de aprendizado, que buscam sensibilizar e prover informações para os jogadores (ex.: quais são os maiores desafios na área da educação em Florianópolis de acordo com o relatório do Floripa Te Quero Bem? O jogador deve pesquisar e responder a missão para somar pontos; de ações online (ex.: conheça e divulgue as ações do Padrinho Nota 10 na sua rede no facebook? O jogador divulga e soma pontos); ou ainda de ações presenciais (ex.: participe do mutirão de limpeza da praia com o Projeto Route, tire uma foto e coloque aqui. Ao divulgar a foto o jogador soma pontos).

O Conecta tem um carácter local, mas ele pode ser facilmente replicado para outras cidades, por fundações comunitárias ou organizações que buscam incentivar ações de engajamento social. A versão 1.0 do jogo será lançada em novembro no Seminário Social Good. Participe do seminário e conheça essa e outras inovações no uso de tecnologias para a transformação social!

Nenhum comentário:

Postar um comentário